Moneezy – como encontrar o cartão de crédito certo para si!

Um cartão de crédito dá-lhe acesso a dinheiro extra a qualquer momento e a qualquer hora! 

video preview image video preview image
Escolher montante
Escolher prazo de vencimento

Gostaria de pedir emprestado qualquer quantia num período de X meses

Encontrámos 1 empréstimo para si
Limpar filtro

Encontrámos 1 empréstimo para si

Quantia

3.000 - 40.000 €

Prazo de vencimento

24 - 72 meses

Categoria

Crédito

Idade mínima

18 anos

Montante: 3.000€. TAEG: 11.04%. Duração: 72 meses. MTIC: 4.058,64€

É um cartão de crédito a escolha certa para si?

Our articles image
Breve Resumo – 3 pontos rápidos

  • Cartão de crédito – o que é e para que posso usá-lo
  • Como escolher o melhor cartão de crédito no mercado
  • Especificidades dos diferentes tipos de cartões de crédito

O que é um cartão de crédito e no que difere de um cartão de débito?

Um cartão de crédito é um meio de pagamento eletrónico disponibilizado aos consumidores pelos bancos e outras entidades emissoras que permite comprar bens e serviços ou receber adiantamentos em dinheiro com um prazo de reembolso a ser acordado entre ambas as partes, com ou sem juros.

O cartão de débito, por sua vez, é um cartão bancário que serve para levantar dinheiro, fazer pagamentos, transferências bancárias, compras, entre outros. A ele está associada uma conta à ordem, e sempre que este é utilizado, o valor em questão é retirado diretamente e imediatamente do saldo da respetiva conta à ordem.

As instituições financeiras estabelecem um plafond para o cartão de crédito, que é o limite mensal de dinheiro disponível em crédito para o titular e que é baseado, entre outras variáveis, no seu rendimento. Existem vários tipos de cartões de crédito, entre os quais se encontram os que possuem cashback, descontos, pontos, milhas aéreas e ainda os cartões de crédito premium.

Quais os tipos de cartões de crédito que existem?

A maioria das emissoras de cartões de crédito oferecem alguns incentivos para atrair e recompensar os seus titulares, tais como descontos, cashback, milhas aéreas, pontos ou premium.

  • Cartão de crédito com descontos - pode-se poupar nas compras ao beneficiar de descontos diretos nos vários parceiros das entidades emissoras.
  • Cartão com milhas aéreas - permite acumular milhas com as compras efetuadas a crédito com o cartão para depois serem trocadas por viagens e ainda outras vantagens, tais como acesso a lounges nos aeroportos.
  • Cartão de crédito com cashback - de cada vez que se efetuam pagamentos com recurso a este meio recebe-se uma percentagem (denominada de taxa de cashback) do valor que se gastou, que geralmente varia entre 1% a 3%.
  • Cartões de crédito premium - são produtos de prestígio, com as maiores e mais alargadas coberturas de seguros e que, frequentemente, dão acesso a lounges e ao tipo de regalias esperadas de um cartão VIP.

É fundamental ter em consideração os mais variados tipos de cartão de crédito na altura da sua escolha para garantir que se retira o máximo benefício deste produto.

Quais os aspetos mais importantes para a escolha do melhor cartão de crédito?

No momento de solicitar um cartão de crédito, os consumidores devem atentar nos seguintes aspetos:

  1. Juros: o “preço” de utilizar dinheiro a crédito. Cada entidade emissora possui uma TAEG (Taxa Anual Efetiva Global) diferente que será cobrada ao cliente caso este não pague o valor em dívida ou liquide apenas o montante mínimo da mesma.
  2. Anuidade: é o custo anual inerente à posse do cartão. De ressalvar que atualmente existe uma variedade de cartões sem custos de anuidade associados ou que oferecem a primeira anuidade.
  3. Limite de crédito: plafond máximo do cartão que poderá utilizar para efetuar pagamentos nas suas compras.
  4. Benefícios associados: deve-se criar um cartão de crédito que, atendendo ao nosso perfil de utilizador, nos permita usufruir de todas as suas vantagens, tais como cashback, descontos ou ainda adesão a programas de milhas aéreas ou de pontos.
  5. Seguros: vários cartões têm pacotes de seguros associados, desde seguro de viagem a seguro de proteção às compras, que protegem o consumidor sempre que este tiver adquirido o produto ou o serviço em questão através do pagamento com o respetivo cartão.

Importa salientar que, para garantir que escolhem o melhor cartão de crédito para o seu perfil e necessidades, os consumidores devem atentar não só às características do produto, mas também ao tipo de utilização que pretendem fazer do mesmo.

Dos descontos à acumulação de pontos ou milhas aéreas até receber dinheiro de volta com as compras realizadas, é aconselhável fazer uma comparação dos diferentes tipos de cartões de crédito disponíveis, para encontrar o produto que mais se adequa às necessidades de cada um.

Quanto tempo demora o meu pedido a ser aprovado?

O tempo de processamento varia de acordo com o emissor. Assim que a requisição for aprovada demorará cerca de 7 a 10 dias úteis até receber o cartão. É essencial certificar, nesse sentido, que se enviou todos os documentos necessários para que a solicitação seja processada rapidamente.

De referir que existem algumas instituições que permitem a pré-aprovação do cartão de crédito online na hora, o que permite tornar o processo mais célere.

Quais são os requisitos para fazer um cartão de crédito em Portugal?

A maioria das instituições financeiras em Portugal exige que se seja maior de idade e residente/cidadão permanente em Portugal. É preciso ainda ter um emprego estável e atender aos requisitos mínimos salariais, que variam de acordo com o tipo de cartão de crédito.

No momento de solicitar o cartão, o consumidor deve garantir que não tem nenhuma situação de incumprimento registada no Banco de Portugal de forma a garantir que o seu pedido de cartão de crédito é fácil de ser aprovado pela entidade emissora.

O que é o cash advance dos cartões de crédito?

O cash advance é uma característica dos cartões de crédito que permite ter um montante disponível na conta à ordem para uma situação inesperada. Esta solução permite utilizar o limite disponível no cartão de crédito, sendo feita uma transferência da conta crédito para a conta à ordem do consumidor. Assim sendo, o montante presente no saldo autorizado passa para o saldo disponível.

Como funciona e quais os cuidados a ter com o cash advance?

Existem emergências em que se pode necessitar de dinheiro extra. É nestes casos em que é útil fazer uso do cash advance. Para se ter acesso ao dinheiro, pode-se recorrer a uma caixa Multibanco e fazer o levantamento a crédito.

Existe ainda a possibilidade de se ligar para o banco ou efetuar a operação através de homebanking. Neste caso, o montante solicitado fica disponível na conta à ordem no primeiro dia útil seguinte à realização do pedido.

Antes de se recorrer ao cash advance deve-se ter atenção aos preços praticados pelas instituições financeiras. A grande maioria dos bancos cobra uma comissão pelo dinheiro disponibilizado através desta solução. Ao optar pelo cash advance deve-se saber que a comissão cobrada pelo banco inclui um valor fixo por operação e uma percentagem pelo montante que ficou disponível.

Para além disto, a utilização do cash advance pode também implicar o pagamento de juros caso se escolha reembolsar apenas uma parte do montante utilizado. Estes valores estão disponíveis nos preçários dos bancos e devem ser solicitados sempre que se efetuar uma operação que pode vir a ser cobrada na conta à ordem.

Taxas do cartão de crédito: quais são?

Para além dos custos com o cash advance, o consumidor deve ter atenção às diferentes taxas do cartão de crédito, as quais são essenciais conhecer antes de utilizar este produto que se insere na categoria de crédito revolving.

Sendo algo que varia de cartão para cartão, entre estes encargos acrescidos associados a pagamentos com cartão de crédito poderão encontrar-se:

  • Taxa gasolineira, que é aplicável a transações realizadas em estabelecimentos de vendas de combustíveis;
  • Taxa de processamento internacional, que incide sobre operações efetuadas fora do Espaço Económico Europeu (EEE) ou dentro do EEE noutras moedas que não o Euro;
  • Taxa de Conversão de Moeda Estrangeira, que recai sobre as transações realizadas para pagamento em moedas que não o Euro.
  • Alguns produtos poderão ainda ter associada uma taxa de não utilização mensal, a qual resulta da não utilização de determinado valor do plafond do cartão previamente acordado com o banco para se obter isenção deste custo. Para garantir que se tem efetivamente um cartão de crédito sem mensalidade é fundamental analisar todas as condições do mesmo aquando da sua contratação.

Existe algum cartão de crédito gratuito?

Várias instituições disponibilizam cartões sem anuidade e isentos de qualquer custo de emissão, sendo este tipo de solução vulgarmente denominada de cartão de crédito gratuito.

Apesar de, regra geral, estes produtos terem uma TAEG mais elevada face a outros produtos com anuidade associada, fazer um cartão de crédito gratuito pode ser uma boa opção dado que muitas destas ofertas até incluem seguros grátis, programas de descontos, pontos ou milhas aéreas, e algumas isentam ainda do pagamento da taxa gasolineira.

Aquando da escolha do cartão de crédito com anuidade gratuita o consumidor deverá ter em atenção, para além da TAEG, eventuais custos adicionais que poderão estar direta ou indiretamente ligados à sua utilização.

Nesse sentido, na escolha de um cartão de crédito sem anuidade (e de qualquer outro produto financeiro) dever-se-á analisar cuidadosamente todas as comissões e taxas associadas ao produto, informações que deverão constar da Ficha de Informação Normalizada que as instituições financeiras são obrigadas a disponibilizar aos consumidores.

É possível fazer um cartão de crédito sem mudar de banco?

Sim, muitas instituições em Portugal permitem criar um cartão de crédito sem que seja necessário mudar de banco. Nestes casos, para aderir ao cartão de crédito, o consumidor terá apenas de indicar qual o número da sua conta atual de forma a que a instituição emissora possa realizar as operações de cobrança referentes à utilização do plafond do cartão de crédito.

Como funciona o pagamento dos cartões de crédito?

Quando se escolhe um cartão de crédito, pode-se decidir pagar o que se gastou no início, no meio ou no fim do mês. O montante pode ser reembolsado na totalidade, numa percentagem ou apenas o mínimo, enquanto que o modo de pagamento pode ser por débito direto, dinheiro, cheque, transferência bancária, pagamento em ATM ou homebanking.

De lembrar que optar-se pelo pagamento total do saldo do cartão de crédito implica o não pagamento de juros. Por seu turno, o pagamento parcial implica que o utilizador pague juros sobre o montante de crédito que não foi liquidado no mês anterior. Isso significa que, quanto menos se escolher pagar por mês, mais juros do cartão de crédito terão de ser suportados e mais tempo se vai demorar até se pagar a totalidade do montante em dívida.

Nesse sentido, só há uma resposta à questão de como conseguir um cartão de crédito fácil e rápido sem que tal escolha gere dívidas elevadas no futuro, algo que tantos consumidores perguntam: deve-se optar sempre pelo pagamento da máxima percentagem possível de crédito em dívida no final de cada mês, preferencialmente a 100%.

É possível pedir um cartão de crédito online?

Sim, é possível. Aliás, fazer um cartão de crédito pela Internet é um processo simples, havendo até vários cartões gratuitos que qualquer consumidor pode pedir online de forma segura.

Antes de avançar para o pedido de um cartão de crédito, aconselhamos que faça uma análise do seu orçamento mensal. Esta análise é muito importante, pois vai indicar-lhe se pode ter um cartão de crédito e os custos inerentes ao mesmo.

Tenha também em atenção, caso pretenda poupar dinheiro no seu cartão de crédito, deverá ter a possibilidade de fazer pagamentos integrais do montante mensal em dívida.


Como saber se um microcrédito é a melhor decisão a tomar?

Our articles image
Sabia que…


Os bancos e as financeiras disponibilizaram 617,5 milhões de euros em crédito pessoal em março de 2019, sendo o valor mais elevado desde dezembro do ano passado. O montante representa um aumento de 7,1% face ao mês anterior. Fonte: Banco de Portugal


Obtenha benefícios extra com a app

Deseja ser notificado quando surgirem novas opções de crédito que lhe possam interessar? Com a Moneezy app pode definir alarmes com filtros personalizados de modo a que seja alertado assim que surgirem novas correspondências!


A app também o mantém atualizado acerca de ofertas promocionais para que não perca nenhuma oportunidade

descarregar na app store
disponivel no google play